Brasileiro precisa falar espanhol?

Posto aqui meus comentários em duas discussões calorosas sobre o fato de o brasileiro precisar ou não apreender o idioma espanhol.

Blog Executivos Brasil

Linkedin

“Interessante a discussão e vejo que apareceram alguns pontos-de-vista diferentes. Alguns creem que os nossos vizinhos latinos devem se adaptar ao nosso idioma, o português, outros acreditam que nós, brasileiros, quem devemos nos adequar aos demais e falar espanhol.

Eu, pessoalmente, não vejo problema em apreender a língua dos nossos vizinhos.

Em primeiro lugar, toda negociação fica mais fácil se ambas as partes identificarem que têm pontos em comuns. Falar o idioma, ou pelo menos mostrar para outra pessoa que você tem interesse em apreendê-lo é uma forma de conquistar a confiança. Isto vale para o inglês, o espanhol e ou chinês. Não podemos esquecer que quando viajamos a estes países, estamos em constante processo de negociação. Seja conversando com um taxista, quando ele fornece informações úteis do país (ou quer te cobrar a mais por uma corrida); seja numa reunião com um cliente, quando você demonstra facilidade para compreender as necessidades dele. Em ambas as situações, conversar no idioma da outra pessoa ajuda a quebrar barreiras e a abrir um mundo de novas oportunidades.

Em segundo lugar, nós brasileiros, crescemos isolados dos demais países da América Latina. Isto acontece por causa da diferença de idiomas e por estarmos concentrados geograficamente na costa atlântica. Muito do que acontece nestes países, nem chegam até nós. Refiro-me a noticias, acontecimentos culturais e negócios. Isto não é vantajoso, pois poderíamos apreender muita coisa se nos interessássemos pelo que acontece em nossa volta. É impressionante como estes países, ao mesmo tempo tão diferentes, são tão parecidos com o nosso. Infelizmente, a mídia dá mais atenção ao que acontece nos Estados Unidos e Europa, e pouca atenção à América Latina.

Já vivi na Colômbia, onde muitos confundiam o português com o francês, por não estarem familiarizados com o nosso idioma. Assim como tive a chance de visitar a Argentina e o Uruguai, países mais próximos do Brasil onde facilmente se encontra aulas de português. Em ambos os casos, quanto eu demonstrava que conhecia espanhol, ou quando falavam comigo em português, o trato dado era diferente.
Em resumo, independente do lado que você represente, aprender um idioma estrangeiro é vantajoso tanto para o seu crescimento profissional quanto para o seu crescimento pessoal.”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s