Multinacionais a partir de casa

Vim de um lar típico de classe média, onde os pais trabalhavam em fábricas. Acredito que isto, de certa forma, influenciou minhas escolhas,  mesmo que inconcientemente. Hoje, apesar de ter seguindo alguns passos deles, gosto muito do tema empreendedorismo.

Quando se lê e observa a história de alguns empreendedores, muitos descrevem que cresceram em lares onde os pais ou algum familiar próximo era empreendedor. Na minha época de estágio, lembro-me de uma chefe que falava com orgulho sobre o pai empreendedor. Não é a toa que, hoje, após passar por ótimas empresas, ela tem o próprio negócio.

http://rcm.amazon.com/e/cm?t=innovati01-20&o=1&p=8&l=bpl&asins=0307465357&fc1=FDFBFB&IS2=1&lt1=_blank&m=amazon&lc1=B7B7ED&bc1=000000&bg1=666464&f=ifrHoje, “graças a internet” (termo super batido), não só é mais fácil se tornar um empreendedor, como também é mais fácil montar sua própria multnacional dentro de casa. Sites como Elance.com oferecem umcardápio de empresas e profissionais para tocar o seu projeto. Você pode fácilmente desevolver um software na India, criar um design na Argentina e fazer a tradução na Europa.

Para quem gosta do assunto, recomendo ler um artigo bem interessante da BusinessWeek (hoje Bloomberg) sobre um casal americano que crio uma empresa nestes moldes. Também sugiro a leitura do livro do Tim Ferris, “4 hour work week”.

Apesar de Mom-and-Pop Multinationals.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s